Mensagem de Miguel através de Isabel Maria Angélica - Julho de 2015 -

01-07-2015 08:08
  Foto por Sara Rica Gonçalves, pormenor do altar às 4 direcções no Módulo VI - A Voz Interior do Caminho Iniciático de Terras de Lyz
 
 
Amados irmãos e irmãs, eu sou Miguel, conhecido na vossa linguagem e consciente colectivo como Arcanjo do Primeiro Raio da Verdade e da Justiça Divinas.
 
Já inúmeras vezes vos dissemos que estes são tempos extraordinários onde a Humanidade tem assumido um potencial de inversão dos caminhos na evolução própria e do Planeta Terra. Contudo, convém sempre explicitar e frisar que o Planeta não é nada mais nada menos do que o corpo celeste que dá forma à energia da Grande Mãe e cada um dos seres humanos que nela habita um filho ou uma filha que é convidada a um nível superior para fazer parte dos seus ciclos.
 
Os processos da evolução das almas e dos corpos dos seres humanos não é de todo dissociado do processo de evolução da matriz energética e do corpo que se manifesta como Grande Mãe, Mãe Terra, Pachamama ou Urantia. Um e outro processo são simbióticos e devem ser uníssonos, mantendo presente no vosso ser que a Mãe não busca representantes nem tradutores da Sua vontade, mas escolhe sim portais que A manifestem de forma pura e visceral, tal como Ela É.
 
Algures numa das nossas comunicações pedimos-te humildade perante aquilo que tu pensas que é (a partir dos conceitos deturpados da tua mente inferior e coração ferido) e aquilo que realmente és (a partir da conexão da tua mente superior, coração sagrado e receptáculo da Mãe).
 
Em média, uma alma humana tem cerca de 300 vidas que se estendem ao longo de milénios de existência aqui no Planeta Terra. Este, enquanto corpo consciencial, tem uma vida que evolui há pelo menos 4,6 biliões de anos. O ser humano, enquanto ser homo sapiens (tal como é designado através dos vossos tradutores cientistas), manifesta-se há cerca de 200 mil anos, atingindo o comportamento moderno há cerca de 50 mil anos. Logo aqui, deveria dar-vos uma consciência bem mais maturada de qual o vosso papel, enquanto raça em evolução, neste Planeta ancestral. O tempo da evolução da raça humana conta-se a partir daí, com tudo o que isso implica, muito embora tenha sido a vaidade e arrogância do ser humano que tenha dividido o tempo para começar uma contagem histórica há pouco mais de 2 mil anos. Contudo, 48 mil anos anteriores há história, há evolução, há experiências e há conhecimento... tudo isto precisa de ser resgatado por cada um individualmente no sentido de compreenderem melhor o que realmente simboliza o ciclo de vidas da raça humana que encarna no Planeta Terra e cujas experiências remontam a tempos mais idos do que à era da cristandade.
 
Antes disso, a Atlântida foi uma experiência marcante para o percurso da raça humana e do Planeta. Depois veio o Egipto com o seu conhecimento estruturado e pistas para a evolução da raça humana. Em paralelo, a Suméria, Sibéria, Américas, e outras partes do mundo, receberam as suas activações e codificações para que, através da honra a todos os seres vivos e ao Planeta Terra (aquilo que conheces como Xamanismo), não fosse esquecido o conhecimento divino que guia o percurso sagrado das almas em caminho na Terra.
 
Antes disso, este território sagrado de Portugal era a Terra de Ofiúsa (Terra das Serpentes), que honrava a conexão suprema à Grande Mãe na manifestação de uma das suas energias telúricas de sabedoria, transformação, morte e renascimento. Antes do enviado Afonso Henriques, que vestiu a causa do serviço a Cristo, já outros grandes seres tinham pisado este território no chamado ao Serviço da Grande Mãe. Antes até daquele que conhecem como Viriato...
 
Meus queridos, o chamamento que é feito ao nível da Alma para caminharem uma vez mais no Planeta Terra é para estarem ao Serviço, acima de tudo, da vossa Humanidade - na luz e sombra, no amor e dor, na alegria e raiva. A dualidade foi e será ainda por mais uns séculos a premissa de evolução da raça humana e considerarem que estão acima disso, acima das vossas emoções, é pura arrogância e vaidade. Pois, voltamos a frisar, o caminho na Terra é e será sempre iniciático... e isto já os vossos ancestrais, de há 40 ou 10 mil anos sabiam. E nada mudou nesse sentido.
 
Como vos disse, em média uma alma humana conta com cerca de 300 encarnações no Planeta Terra. Espalhadas no mínimo por um espaço-tempo de 40 mil anos de história, o que engloba o apogeu e a queda da raça humana. E recordamos que os tempos mais negros da evolução da raça humana aconteceram nos últimos 3 mil anos com a severidade do patriarcado que teve acções marciais profundas, com mortes, guerras e manipulação de poder espiritual que, de acordo com as leis divinas, é o maior karma que uma alma pode acumular.
 
Neste espaço-tempo, as almas em manifestação na Terra acumularam experiências de dor bem profundas e traumáticas. E tal como o ser humano tem um plano astral/áurico, onde as experiências densas ficam gravadas como que em pedra, também o Planeta Terra tem esse campo, onde ficam acumuladas as experiências de 7 a 8 biliões de seres humanos na Terra, ao longo de, pelo menos 40 milhões de anos. E, basta reflectirem um pouco sobre a história que têm feito, para entender que esse campo astral está carregado de dor, morte, violações, manipulações, etc. Nesse campo astral estão as piores manifestações das acções humanas, onde espíritos em profundo sofrimento e ligados à raça humana emitem pensamentos obsessores, acções de manipulação, energia de controlo e até de mistificação. 
 
Porque é que tudo isto vos está a ser transmitido? Para que despertem para a consciência do trabalho a ser ser realizado ao nível da vossa individuação e do colectivo. E isto passa, acima de tudo, por um trabalho humano e iniciático coerente e profundo, de forma a que se conheçam cada vez mais profundamente e assim evitem conectar-se com aquele plano astral lodoso e denso. Só com uma boa estrutura emocional, mental e física em termos humanos, conseguiram ancorar o vosso espírito e Eu Superior, manifestando-os, e "furarem" o plano astral. Até lá, avisamos, correm o risco de canalizar a massa negra do plano astral onde está guardada toda a arte de ardil que a raça humana tão bem manifesta. E esse ardil até vos fala em nome dos Mestres e seres de luz. 
 
Este conhecimento está a ser escrito pela primeira vez em forma de mensagem, mas tem sido veiculado por nós em trabalhos específicos com grupos e acções de desenvolvimento pessoal que esta manifestação tem levado a cargo em nome desta consciência transcendente. É uma informação que implica ir para lá das limitações de quem a transmite, pois a mente que mente ou dissimula tem a tendência para branquear a história e os eventos. Contudo, este conhecimento é o que é e mais virá que irá aprofundar esta temática. 
 
Daí ser profundamente vital a aceitação individual de que, apesar de serem todos filhos e filhas da Fonte Criadora, homens e mulheres estão no Planeta Terra para o caminho da evolução iniciática com discernimento e responsabilidade. Só assim, assumindo tudo o que fazem, pensam, dizem e emanam, estarão a curar ao nível individual e colectivo uma grande massa densa de experiências traumáticas da raça humana que tem o seu início nos eventos da Queda da Atlântica. A Humanidade ainda se debate nas feridas provocadas por esse evento e que passam pela solidão, separação e saudade. Um triângulo que, em muito, marca os que habitam este território que conhecem como Portugal e onde a Mãe vos pede humildade e instrução para que se conectem a Ela de forma visceral e ancestral, com, no mínimo 10 mil anos, e não sob a roupagem de uma linguagem judaíco-cristã que é patriarcal e que mina a Humanidade há pelo menos 3 mil anos. E será essa visceralidade que vos irá conectar com a cura interior através do resgate do amor-próprio e do poder pessoal em manifestação consciente e responsável.
 
Eu sou Miguel, ponte entre o Céu e a Terra, um mensageiro ancestral ao Serviço da Fonte Criadora que já teve outros nomes ao longo dos tempos.
 
És profundamente amado/a e honrado/a.
 
 
 
© 2007-15 Isabel Angélica. Mensagem recebida a 01.07.2015 através de Isabel Maria Angélica (processo vivencial). Todos os direitos reservados. Esta mensagem pode e deve ser divulgada com os devidos créditos ao Arcanjo Miguel e a Isabel Maria Angélica (www.terrasdelyz.net || geral@terrasdelyz.net). Gratidão.
 
 
Podes ler as mensagens anteriores de Arcanjo Miguel - http://www.terrasdelyz.net/canalizacoes/mensagens-arcanjo-miguel-isabel-angelica/